top of page
CC.jpg

Informamos que a partir de dia 01 de julho de 2024 a Lisboa Ocidental SRU irá passar a utilizar a plataforma de compras públicas AnoGov.

 

Assim, para apresentação de propostas, as entidades interessadas deverão efetuar o registo na mencionada plataforma, à qual poderão aceder AQUI.

A Lisboa Ocidental SRU foi a grande vencedora da noite dos Prémios do Imobiliário, conquistando o Prémio de Empreendimento do Ano, por unanimidade, com a EB + JI Arq.º Gonçalo Ribeiro Telles.

A intervenção, localizada no Bairro da Boavista, freguesia de Benfica, venceu também o Prémio da categoria de Empreendimentos Coletivos.
A SRU destaca o trabalho de excelência de toda a equipa, especialmente da equipa de acompanhamento de projeto e de obra, Arq. Luís Braga, Eng. Ilídio Jesus e coordenadora Eng.ª Ana Esteves; dos autores do projeto de arquitetura, Arq. João Santa-Rita e Arq. Paulo Palma, do Atelier da Praia; da autora do projeto de arquitetura paisagista, Arq.ª Luísa Branco; e do empreiteiro – Alberto Couto Alves, SA., que juntos, tornaram esta vitória possível.
Este equipamento escolar, integrado no Bairro da Boavista em Benfica, conta com 4 Salas de Jardim de Infância, 8 Salas de 1º Ciclo e 2 Salas para crianças portadoras de multideficiência, beneficiando mais de 280 alunos. 

A intervenção contemplou a criação de um núcleo dedicado ao ensino da música, para a Orquestra Geração; biblioteca, ginásio, campo de jogos, cozinha e refeitório, hortas pedagógicas, sala de eventos musicais e anfiteatros, numa obra estrutural e de grande importância socioeconómica, que permite uma nova abertura do Bairro à comunidade e a toda a cidade de Lisboa.

1-Exterior-Pátio Superior.jpg
80-Exterior-Diversos.jpg

CONCURSO PÚBLICO DE CONCEÇÃO - HABITAÇÃO NA RUA DA QUINTA DAS LAVADEIRAS, SANTA CLARA
SRU_241976_CCS

No decurso da análise dos Trabalhos apresentados no âmbito do Concurso de conceção para a elaboração do Projeto de um Edifício de Habitação e requalificação da área envolvente na Rua da Quinta das Lavadeiras, na freguesia de Santa Clara, e considerando a importância de procedimentos deste tipo como instrumento de políticas públicas determinantes para a concretização efetiva do direito à habitação, vem a Lisboa Ocidental SRU, pela presente, sublinhar que impende sobre todos os intervenientes do processo o dever de cumprimento das disposições legais.

 

Assim, repudia-se toda e qualquer conduta que não seja pautada pela boa-fé entre as partes, não podendo ou se admitindo que qualquer concorrente faça uso de meios ou expedientes ilegais, ou promova diligências dilatórias prejudiciais ao interesse público e a uma sã concorrência de mercado, em total desrespeito pelo trabalho e dedicação das equipas intervenientes e dos demais concorrentes.

Mais, tendo-se verificado a declaração de identificação falsa (nome e número de cédula profissional), tal é suscetível de configurar a prática de um crime de falsas declarações, previsto e punido pelo art.º 348º-A do Código Penal, a Lisboa Ocidental SRU irá dar disso nota às instâncias competentes, com a formalização de queixa junto do Ministério Público.

CONTACTOS >

T: 218 847 030   I   Praça do Município, 31, 2º, 1100-365 Lisboa  I   geral@lisboaocidentalsru.pt

bottom of page