A Lisboa Ocidental SRU – Sociedade de Reabilitação Urbana E.M., S.A., doravante simplesmente SRU, foi constituída pelo Município de Lisboa em 2004, sendo o respetivo capital integralmente detido pelo Município e tendo como objeto social inicial a promoção da reabilitação urbana na sua zona de intervenção (áreas das freguesias de Santa Maria de Belém, Ajuda e Alcântara). Com a alteração estatutária de 2014, a SRU passou a executar intervenções de reabilitação e regeneração urbana no âmbito do espaço público, infraestruturas e edifícios e não apenas na sua área de intervenção, mas em qualquer local dentro da ARU de Lisboa nos termos do disposto no artigo 2-º/h) e j) do Decreto-Lei 307/2009, de 23 de outubro, de que seja encarregue pelo Município.

Presidente do Conselho de Administração - António Ressano Garcia Lamas

Vogal do Conselho de Administração - Gonçalo Nuno Soeiro e Sá dos Santos Costa

Vogal do Conselho de Administração - Filipa Maria Salema Roseta Vaz Monteiro

Fiscal Único - KRESTON & Associados – SROC, Lda.

 

João Peleteiro
38-Drone-Pôr do Sol.jpg
João Peleteiro

João Peleteiro

A equipa da Lisboa Ocidental é constituída por 103 trabalhadores, dos quais 45% têm contrato de trabalho sem termo, 24% contrato de trabalho a termo, e 30% transitaram da CML com Acordo de Cedência de Interesse Público.

​O capital social da empresa, no valor de 2.000.000 euros, é detido em exclusivo pelo Município de Lisboa. A SRU não detém qualquer participação social.