1/3

O novo Parque Urbano da Praça de Espanha terá mais de 6 hectares – uma área superior ao Jardim da Estrela –, e será uma importante zona verde e de lazer para as famílias.

Em harmonia com o Jardim Gulbenkian e o Corredor Verde de Monsanto, a nova configuração vai permitir o acesso a uma importante área verde e de lazer. Além de um espaço dedicado à rede ciclável, será recuperada a ligação pedonal entre a Gulbenkian e Sete Rios.

Os caminhos da água, que caracterizam esta zona da cidade, serão trazidos para a superfície.

No ano em que é Capital Verde Europeia, Lisboa ganha aqui um ecossistema mais vivo, que melhora a qualidade do ar, diminui a temperatura ambiente da zona e evita as cheias que assolam esta parte da cidade, preparando-a para as alterações climáticas.

A intervenção na rede viária envolvente à Praça de Espanha, em curso desde dia 12.12.2019, irá simplificar os principais movimentos viários, tornando-os mais rápidos e seguros.

Como vai ser a nova circulação na Praça de Espanha:

Ligações diretas entre Avenida Calouste Gulbenkian e Avenida de Berna; Avenida dos Combatentes e Avenida António Augusto de Aguiar

Sentido Avenida Columbano Bordalo Pinheiro para Avenida dos Combatentes

Sentido Avenida Columbano Bordalo Pinheiro para Avenida de Berna e Avenida António Augusto de Aguiar

Sentido Avenida dos Combatentes para Avenida de Berna e Avenida António Augusto de Aguiar

Sugestão de caminhos alternativos durante a obra:

1ª FASE I

A partir de 13 de janeiro

1ª FASE II

A partir de final de janeiro

2ª FASE

A partir de meados de fevereiro

A obra desenvolver-se-á em várias fases, recomendando-se a procura de caminhos alternativos.

Numa primeira fase será inviabilizada a viragem à esquerda da Av. Calouste Gulbenkian para a Av. dos Combatentes. Posteriormente será eliminado o percurso no sentido inverso, e da Av. Columbano Bordalo Pinheiro para a Av. Calouste Gulbenkian.

A criação de dois cruzamentos permitirá a melhoria significativa dos percursos viários, sendo de destacar as seguintes ligações: Av. dos Combatentes/Av. António Augusto de Aguiar; Av. de Berna/Av. Calouste Gulbenkian; Túnel do Rego (Entrecampos)/Av. Columbano Bordalo Pinheiro (Sete Rios); e Av. Columbano Bordalo Pinheiro (Sete Rios)/Túnel do Rego (Entrecampos).

Esta intervenção na Rede Viária, e a construção do Parque Urbano permitirá ainda a plantação de 790 novas árvores, mais do triplo das árvores existentes atualmente, e contribuir para a redução da temperatura local, filtragem de partículas e poeiras suspensas e melhoria geral da imagem e agradabilidade urbana na zona envolvente.

Alternativas de percursos de atravessamento

Lisboa Ocidental SRU 

© 2020 por Lisboa Ocidental SRU