PROGRAMA CENTROS DE SAÚDE E OUTROS EQUIPAMENTOS

Um sistema de saúde sustentável é aquele que reflete o compromisso de melhorar a vida das peças e das comunidades que serve, tornando a saúde mais acessível, menos dispendiosa e mais eficaz, valorizando a integração e intervenção nas comunidades locais.

 

A necessidade de promover o melhoramento significativo das condições em que os cuidados de saúde primários são prestados à população do concelho de Lisboa, e as insuficiências sobejamente identificadas nas infraestruturas atualmente existentes, motivou a celebração de um protocolo de colaboração entre a Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo (ARSLVT) e a Câmara Municipal de Lisboa.

 

Assumindo desde já a descentralização de competências ao nível das infraestruturas de saúde, a CML irá construir 14 novos centros de saúde em terrenos municipais, e numa operação financiada pela CML e executada pela SRU, que representa um investimento de cerca de 50 milhões de euros, beneficiando mais de 305 mil utentes.

 

Os novos centros de saúde serão dotados de equipamento que permitirá ao utente (além das valências já adotadas atualmente) realizar exames complementares de diagnóstico (análises laboratoriais) e medicina dentária, fortalecendo a rede de cuidados de saúde primários.

O Programa Centros de Saúde e Equipamentos está ainda encarregue de realizar a construção/reabilitação de diversos equipamentos de grande importância para a cidade, como por exemplo, os Centros Intergeracionais, no âmbito de um protocolo entre a CML e a Santa Casa da Misericórdia de Lisboa, ou o Teatro Variedades.

1

Lisboa Ocidental SRU